Não sei

não sei

“Se procurar bem você acaba encontrando. Não a explicação (duvidosa) da vida, mas a poesia (inexplicável) da vida.” (Carlos Drummond de Andrade)

Fato. Só por meio da poesia é que se pode encontrar (?) explicação para vida. Se é que existe. Só a poesia nos permite viajar e encontrar países sem guerras, amor sem fronteiras.

Diariamente a vida se repete. Num círculo ininterrupto de amanhecer e anoitecer invariavelmente.

Apenas nós mesmos quem mudamos. Todos os dias somos diferentes, pensamos diferentes, envelhecemos! Somos melhores hoje do que fomos ontem.

Drummond, Neruda, Vinícius tantos a nos inspirar, a nos levar prá viajar pelas páginas salpicadas de amor, de desejos e devaneios.

Aceito a sugestão de Drummond e vou continuar procurando, não a explicação para a vida, mas o prazer diário da busca e a descoberta de mim mesma.

 

Anúncios