Filhos por:

Vinicíus de Moraes,

Filhos…  Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?

Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.

… Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!

Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

 

 

 

Saramago,

Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.

Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.

Perder?

Como?

Não é nosso, recordam-se?

Foi apenas um empréstimo.

 

 

 

Khalil Gibran,

Vossos filhos não são vossos filhos.

São filhos e filhas da ânsia da vida por si mesma.

Vêm através de ti, mas não são de ti.

E, embora vivam convosco, não te pertencem.

Podes outorgar-lhes seu amor, mas não seus pensamentos,

Pois eles têm seus próprios pensamentos.

Podes abrigar seus corpos, mas não suas almas;

Pois suas almas moram na mansão do amanhã, onde tu não podes visitar

Podes esforçar-te por ser como eles, mas não procureis fazê-los como tu,

Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.

Vós sois o arco dos quais vossos filhos, como setas vivas, são arremessadas.

O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com Sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.

Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:

Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco, que permanece estável.

Luis Fernando Veríssimo,

A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout.

Eles mesmos fazem a arte-final.

Anúncios