As 10 mais e o mundo em 1 clique

Atributo dos novos tempos é a tecnologia que concede ampla capacidade de registrar cada instante da vida, captando sentimentos, lugares e sua história, informações isoladas ou misturadas, por meio da fotografia.

A paisagem, e todos os elementos que compõem aquele determinado instante, antes retida ao olhar de quem de corpo presente vivenciava o momento, agora é objeto de muitos olhares e pode ser instantaneamente compartilhada.

Não há como falar em fotografia sem citar dois franceses de destaque: Joseph Nicéphore Niépce e Jean Jacques Mandé Daguerre.

Niépce foi o precursor, unindo elementos da química e da física, criou a héliographie em 1926. Nesse invento ele aliou o princípio da “câmara obscura”, empregada pelos artistas desde o século XVI, à característica fotossensível dos sais de prata. Após a morte de Niépce, Daguerre aperfeiçoou o invento, rebatizando-o como daguerreótipo.

Por essa época um francês radicado no Brasil, Hércules Florence, desenvolvia também experimentos que levariam ao mesmo resultado. Mas o advento da fotografia foi anunciado ao mundo oficialmente, em Paris, na Academia de Ciências da França, consagrando o Daguerreótipo, em 19 de agosto 1839.

De lá pra cá a fotografia evoluiu muito e foi a grande responsável por “apresentar o mundo” à humanidade.

Mesmo com o surgimento de outras formas de exibição de imagens (cinema, televisão, computador) a fotografia continua sendo a única “capaz de captar a alma humana”. Ou, como diria Henri Cartier-Bresson, um dos maiores fotógrafos de todos os tempos “fotografar é captar o momento decisivo”.

PortoWeb Datas comemorativas

1.3 2.3 3.3

Anúncios