Ser

ballet

Amor pra mim é ser capaz de permitir que aquele que eu amo exista como tal, como ele mesmo.

Isso é o mais pleno amor.

Dar a liberdade dele existir ao meu lado do jeito que ele é.

 

Adélia Prado, durante palestra realizada na Livraria Cultura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios