Cristal | 4

 

O que é?

Cristal meta é também conhecido como meth, crystal, metanfetamina, Tina e MD. O MD é um dos apelidos do cristal, talvez pelo fato de um dos seus nomes ser Methedrine. Mas não confundir com MDMA que é a substância presente no ecstasy verdadeiro.

Nos Estados Unidos é também chamado de ice, cranck e speed (não confundir com o speed normal, uma anfetamina mais fraca).

Cristal é um estimulante feito de uma anfetamina superpoderosa (ele acelera seu corpo e suas funções). Substâncias químicas industriais e produtos de limpeza (geralmente tóxicos) entram na fabricação dele.

Usado em danceterias ou durante sexo, cristal libera o hormônio cerebral do stress norepinefrina (noradrenalina) e as substâncias do ‘bem estar’ dopamina e serotonina.

Cristal, como o nome diz, são uns cristais brancos ou incolores, como açúcar, que podem ser esmagados para virar pó. Geralmente vêm em um minúsculo saco plástico de cerca de 3x3cm chamado ‘bag’. Pode vir algumas vezes na forma de pílulas.

 

Tomando cristal

Na forma de cristal, pode ser fumado por um cachimbo de plástico. Cristal na forma de pó é geralmente cheirado, mas pode ser misturado em água e injetado.
Pode também ser injetado no ânus por uma seringa sem a agulha.

 

Altos e baixos

Cristal é usado para dar energia durante sexo ou para dançar por muito tempo. Ele pode fazer você sentir viajando, bem aceso, confiante (às vezes invencível), impulsivo, menos propenso a sentir dor, e com muito tesão (e com menos inibições).

Cristal eleva a temperatura do corpo, batimentos cardíacos e pressão sangüínea talvez a níveis perigosos, com risco de ataque, derrame, coma ou, se azarado, morte.

Você pode ficar dias sem comer ou dormir. O fim do efeito pode te deixar sentindo exausto, agressivo e paranóico, e em alguns casos pensando em suicídio.

Dependendo de como você toma cristal, pode danificar os pulmões, nariz e boca. A má reputação desta droga vem dos vários problemas que tem causado na cena gay dos Estados Unidos e Austrália.

 

Sexo com cristal meta

Algumas pessoas sob efeito de cristal fazem coisas na cama que não fariam normalmente, inclusive arriscando pegar ou passar HIV.

O cristal freqüentemente impede homens de gozar ou ter uma ereção (conhecido como ‘pau de cristal’).

Sexo duradouro ou selvagem estimulado pelo cristal pode causar ferimentos ou sangramento nos órgãos sexuais e boca. Isto pode passar desapercebido mas significa mais risco de contrair HIV, hepatite C e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Sexo com cristal tem sido descrito como sendo frio, agressivo ou desconexo.

 

Um relacionamento de longo prazo?

Tolerância ao cristal aparece logo, e mais da droga é necessário para dar a mesma viagem. A droga tem a reputação de viciar rapidamente.
Muitos que vão a festas com a Tina já deram adeus a empregos, casa, dinheiro, namoros, amigos e família.

Pessoas fortes que conseguem controlar o uso de outras drogas se viram fora de controle com cristal. Pode ficar difícil de pensar em fazer sexo sem estar sob efeito de cristal.

Usar cristal por longo tempo pode ser assustador: estamos falando de psicoses ou de problemas de saúde mental duradouros (mesmo depois de parar de usar).
Evitar cristal pode ser muito difícil, e os efeitos no cérebro podem durar muito depois de parar com a droga.

 

Cristal com outras drogas

Coquetel anti-HIV – inibidores de protease podem causar um grande, talvez fatal aumento nos níveis de cristal no corpo. E se você está sob efeito no fim-de-semana, você está menos propenso a tomar sua medicação no horário (se é que se lembrará).

Cristal em si danifica o sistema imunológico, assim como ficar sem comer ou dormir quando se está sob efeito.

Drogas do tipo ecstasy, cocaína, poppers e viagra – todas estas deixam o coração sob pressão. Se você está usando cristal também você está forçando seu coração ainda mais.

Anti-depressivos – usar cristal enquanto está tomando anti-depressivos pode gerar reações perigosas, incluindo alta pressão sangüínea. Consulte seu médico.

 

É bom saber

É melhor não injetar. É a maneira mais rápida de ficar viciado e arrisca sérios problemas de saúde (abscessos na pele, destruição de veias, envenenamento sangüíneo e infecções do coração).

Compartilhar agulhas arrisca pagar ou passar HIV, hepatite C e outras infecções.

Usar cachimbos quentes pode machucar sua boca e se você os compartilha arrisca passar – em pequenas quantidades de sangue – infecções como hepatite C e HIV.

Camisinhas são mais propensas de estourar após cerca de meia hora trepando.
Então, durante sessões de sexo duradouras, convém checar a borrachuda às vezes e colocar uma nova a cada 30 minutos.

Saiba mais: Informações e Esclarecimentos

Participe da nossa enquete. O que leva uma pessoa a usar DROGAS?

 

 

Anúncios