Desejo perdido(?)

 

O único objeto verdadeiramente insubstituível pra gente é o perdido.

E não é que foi perdido porque caiu do bolso. E sim daquilo que nunca tivemos.

Então, faz sentido que nossa relação com o desejo seja:

Imaginamos existir algo que nunca tivemos, mas que teria nos satisfeito totalmente… só não sabemos o que é

 

Freud

 

 

Anúncios