5/50

 

E às vezes é duro morrer, sobretudo quando por detrás dessa fronteira escura, do outro lado da rede de arame estendida nas trevas, em vez do alívio do nada, o que nos espera são outra vez os dias e o cansaço, os trabalhos, o ar doendo dentro do peito.

Ir-se e continuar a estar, isso é o insuportável, estar mas ter ido.

 

por Carlos Castán, in ‘Má Luz’

 

 

Anúncios